ENSCER

Login
Entrar em Contato
Ver Meus Contatos

Capacitação Profissional > Oficinas Pedagógicas

3ª Série - Trabalhando com o Tempo

As memórias fornecem medidas de tempos internos associados às atividades da vida. A noção do tempo externo – do tempo do relógio – deve ser aprendida através de atividades relacionadas com o dia-a-dia.

A noção de rotação da terra, como determinante da medida do tempo decorrido no dia, pode ser utilizada para associar o tempo do relógio às atividades de rotina da criança e da família. Devemos, antes, ilustrar muito bem o movimento de rotação para que a criança entenda as mudanças de claridade e temperatura do dia (Figura 1).


Figura 1

Em seguida, devemos relacionar a posição do Sol às atividades do dia e ao horário do relógio. Dessa forma, os números das horas terão significado em função dos costumes estabelecidos pela sociedade para cada momento do dia (Figura 2).


Figura 2

Para facilitar a interação entre o tempo dos acontecimentos e a conjugação verbal, podemos apresentar a noção de tempo físico em Ciências, e trabalhar a conjugação verbal dos tempos verbais na disciplina de Português. Assim, ficará mais fácil para a criança aprender as duas matérias, pois uma complementará e fortalecerá o aprendizado da outra.

Podemos treinar a conjugação dos verbos divididos pelo grau, sem no entanto exigir da criança a classificação em primeira, segunda ou terceira conjugação. Não devemos sobrecarregar a criança com termos técnicos da gramática antes de certificarmos que ela esteja dominando o uso das terminações corretamente de acordo com a raiz do verbo.

O treinamento do uso correto do tempo verbal também deve ser feito em frases, explorando as rotinas da criança e família. Podemos criar situações que contextualizem acões em função de horários pre-determinados
(Figura 3).


Figura 3

:: ENSCER - Ensinando o Cérebro :: 2018 ::