ENSCER

Login
Entrar em Contato
Ver Meus Contatos

O Cérebro - Um breve relato de sua função

Capítulo I - O Cérebro - Porque ele existe?

Poucas vezes paramos para fazer algumas perguntas fundamentais sobre coisas básicas da vida, como por exemplo, qual a razão da existência deste órgão ímpar que é o cérebro. Por sua importância, é como se ele sempre houvesse existido. Afinal, hoje muitos acreditam que nós somos o nosso cérebro, que o eu e o cérebro são uma única coisa. Mas vamos nos perguntar, porque ele existe?

Darwin propôs, no século passado, uma teoria que provocou uma mudança muito grande no modo de encararmos a existência da vida na face da terra. Uma idéia muito simples, mas revolucionária. Os diferentes tipos de organismos existentes não teriam sido criados ao mesmo tempo, mas ao longo de um processo de evolução, no qual organismos mais complexos seriam formados a partir de modificações ocorridas em animais mais simples. Toda vez que um organismo sofre uma modificação, a natureza inicia um processo de seleção, de modo que se esta alteração favorecer a adaptação deste novo organismo ao ambiente que o cerca, então esta modificação é preservada. Através de modificações bem sucedidas que se acumulam em um mesmo tipo de organismo, outros seres são criados.

Com a descoberta dos genes como as unidades de transmissão da hereditariedade, passou-se a admitir, que mutações genéticas que provoquem aparecimento de características mais adequadas à adaptação de um organismo ao meio, tendem a se propagar nos seus descendentes. O acúmulo de modificações genéticas gera novos organismos, amplia a complexidade da vida.


Fig. 1 - A evolução

:: ENSCER - Ensinando o Cérebro :: 2018 ::