ENSCER

Login
Entrar em Contato
Ver Meus Contatos

APAE - Jundiaí

Material de Apoio

Patrícia Bellode Ramazzini - Diretora da Escola Ignez A. O. S. Enfeldt da APAE - Jundiaí

"Como primeiro passo do projeto Enscer, foi aplicado o Material de Apoio a um grupo inicial de 18 alunos matriculados em classes de educação infantil, atendidos individualmente em duas sessões semanais de uma hora de duração.

As Avaliações Cognitivas realizadas nesse grupo demonstraram avanços significativos dos alunos que utilizaram o Enscer, principalmente no vocabulário e aquisição de conceitos, além da motivação para a realização das atividades propostas, quando comparados com grupos anteriores que não utilizaram tal tecnologia. Por isso, em 1998, o projeto foi ampliado para atender cerca de 90 alunos, incluindo também crianças matriculadas na primeira série do ensino fundamental para portadores de deficiência mental.

Para a implantação desse atendimento, o mini-laboratório da Apae ficou com quatro computadores para o atendimento das crianças que freqüentam as classes de níveis, permanecendo para eles o atendimento semanal, duas sessões de uma hora cada, realizados por pedagogas capacitadas pelo Enscer.

Mais importante do que as mudanças físicas e muito mais difíceis de se efetivar, são as mudanças de concepção, de atuação e de intervenção de toda a equipe de profissionais envolvidos nesse trabalho. Algumas das modificações sugeridas exigiam uma completa reflexão sobre tudo aquilo que foi um dia aprendido, revisão de alguns pilares da prática pedagógica e reformulação de toda uma postura profissional.

Assim, para solidificar o uso do Material de Apoio foi preparado um cronograma de Oficinas Pedagógicas com os técnicos e professores para efetivar a reestruturação."

Links Relacionados

1 - Divulgações do Trabalho

:: ENSCER - Ensinando o Cérebro :: 2018 ::