ENSCER

Login
Entrar em Contato
Ver Meus Contatos

APAE - Jundiaí

Introdução

Patrícia Bellode Ramazzini - Diretora da Escola Ignez A. O. S. Enfeldt da APAE - Jundiaí

"A APAE de Jundiaí desenvolveu, através da sua equipe técnica e pedagógica, uma proposta pedagógica denominada PRODEME (Programa para o Deficiente Mental). Tal programa foi utilizado durante anos nas salas de educação especial da entidade. Porém, com a constante busca pelo aprimoramento da prática pedagógica, o PRODEME foi passando por adaptações.

No segundo semestre do ano de 1997, a APAE de JUNDIAÍ em parceria com a EINA (Estudos em Inteligência Natural e Artificial Ltda) e com o apoio da FAPESP (Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo), começou a desenvolver um projeto que visava utilizar o conhecimento das neurociências para auxiliar os alunos portadores de necessidades especiais no seu processo de aprender.

Como primeiro passo, o projeto previu a utilização do Material de Apoio do Enscer por um grupo inicial de alunos da educação infantil, atendidos individualmente em duas sessões semanais de uma hora de duração.

Iniciaram-se, também, no mesmo ano a Avaliação Cognitiva dessas crianças e a avaliação da sua estrutura cerebral com a Ressonância Magnética, através da Faculdade de Medicina da Usp.

Com base nessas avaliações chegou-se a um diagnóstico das principais dificuldades e potencialidades de cada aluno. Com isso, observou-se a necessidade de se reorganizar a prática pedagógica do professor e repensar o conteúdo do PRODEME. Para isso foi implementado um serviço de Capacitação Profissional para todos os professores e profissionais envolvidos no projeto."

Links Relacionados

1 - Pesquisa Realizada: Fisiopa- tologia da Inteligência

2 - Divulgações do Trabalho

3 - Ressonância Magnética

4 - Relatório do Mapeamento Cerebral

:: ENSCER - Ensinando o Cérebro :: 2017 ::