ENSCER

Login
Entrar em Contato
Ver Meus Contatos

"O Cérebro na Escola"

Capítulo X - MOEDA - Porque inventar o dinheiro?

O homem é um animal que inventou a troca de produtos e serviços entre indivíduos vivendo na mesma comunidade ou em grupos distintos. Ao inventar a troca, criou um problema para si. A troca depende do valor que se associa ao produto ou serviço a ser trocado. Esse é fundamentalmente definido pelo interesse que a pessoa tem nesse produto ou serviço, isto é, da sua necessidade e da recompensa (prazer) que terá em obtê-lo (Fig. 1).

Fig. 1 – Felizes na troca

O problema criado é que nem sempre os indivíduos que irão fazer a troca concordam com os valores dos objetos e serviços a serem trocados. Enquanto que para cada um de nós, produtos e serviços tem um valor pessoal que depende de nossos interesses pessoais, a troca exige um acordo social sobre esse valor.

A solução encontrada para o problema foi utilizar um sistema de referência geral, baseado em um produto de interesse coletivo. Isto é, a solução foi a criação do sistema de moeda de troca. Cada um agora, pode referenciar seu interesse por um produto em relação à unidade dessa moeda, tanto para adquiri-lo quanto para vendê-lo. A troca tornou-se uma atividade de compra e venda.

Um produto importante utilizado nesse processo foi o sal, que era utilizado para pagar os soldados romanos. Por isso o nome de salário, para a quantia que corresponde a uma quantidade de serviços prestados por um indivíduo.

:: ENSCER - Ensinando o Cérebro :: 2018 ::